Maior competição de drift da América Latina coroa Diego Higa com hexacampeonato em show noturno e intensas batalhas na pista

A etapa única da temporada 2020 do Super Drift Brasil valeu a espera. Um verdadeiro espetáculo foi visto na noite desse domingo, dia 1° de novembro, no Mega Space, em Santa Luzia, Minas Gerais. Show de luzes, drive-in, estrutura impecável e disputas acirradas na pista brindaram os fãs de velocidade e adrenalina. Diego Higa provou, mais uma vez, que é o homem a ser batido na modalidade no país e na América Latina, enfileirou adversários e comemorou seu sexto título do SDB.

Foi a primeira vez que a organização promoveu uma etapa noturna, e o charme extra prometido às disputas se cumpriu. A iluminação da pista foi um dos pontos altos da noite, o que tornou o já desafiador traçado da pista do Mega Space em missão ainda mais árdua para os pilotos. Em sistema de drive-in, o público vibrou e interagiu com todas as emoções das batalhas, com buzinas e pisca-pisca de faróis a cada disputa. As imagens de drones de alta velocidade permitiram que os fãs se sentissem em cada curva do circuito.

“Vivemos uma noite histórica para o drift no Brasil. A etapa 2020 do Super Drift Brasil ficará para sempre na memória dos fãs da modalidade. Tudo isso foi fruto de muito trabalho, uma entrega surreal de toda nossa equipe. Os pilotos deram um show na pista com batalhas impressionantes. E o que tenho a dizer para os fãs é que se preparem, porque o ano de 2021 do SDB vai ser o melhor de todos. Essa etapa foi apenas uma amostra do que vamos apresentar para a próxima temporada”, avisou Walter Santana Neto, CEO e fundador do evento.

A transmissão da etapa ficou entre os vídeos em alta do YouTube na noite desse domingo, com grande interação do público no chat de comentários. A organização do Super Drift Brasil respeitou, durante toda a semana entre preparação e etapa, os protocolos e normas estipulados pelos órgãos responsáveis do município de Santa Luzia, estado de Minas Gerais e Ministério da Saúde.

Emoção do início ao fim para coroar Diego Higa

Se a organização do SDB caprichou na estrutura e nas atrações fora da pista, os pilotos não deixaram por menos dentro dela. Adrenalina e emoção não faltaram desde as primeiras eliminatórias. Ao final, Diego Higa encabeçou a lista dos 16 melhores pilotos que avançaram às batalhas de oitavas de finais. Peterson Lima fechou a fase inicial na segunda colocação, e logo os caminhos dos pilotos se cruzariam.

 

Higa superou Wendell Esteves e Matheus Sartor para protagonizar uma semifinal espetacular contra Maykel Japa, para delírio do público presente. Após duas voltas de excelência, o multicampeão avançou à grande final nos detalhes. Do outro lado da chave, Peterson se credenciou ao título ao bater Daniel Pereira, Rafael Maoka e André Bueno, respectivamente.

Para faturar seu sexto título no Super Drift Brasil, Diego Higa abriu distância na primeira volta, quando liderou a batalha, e perseguiu Peterson com maestria no segundo momento, colando seu Nissan 350z na BMW 325i do concorrente. Festa no alto do pódio para o também campeão do Hyperdrive, série da Netflix.

“A etapa foi um verdadeiro show, foi incrível. O formato noturno deixou tudo mais desafiador, e todos os pilotos estão de parabéns pela superação. Todos foram muito bem, e isso prova nossa evolução. Estou muito feliz por erguer mais um troféu, ainda mais sendo em uma noite muito especial para o drift no Brasil”, comemorou o hexacampeão.

Superado por Higa em uma das semifinais, Maykel Japa retornou ao cockpit para a disputa de terceiro lugar contra André Bueno. Após duas voltas de ampla vantagem, Japa levou a melhor. A quinta colocação ficou com o vice-campeão da temporada 2019 do SDB, Gustavo Koch. Rafael Maoka e Gabriel Ramalho receberam, respectivamente, os prêmios de Piloto Destaque e Piloto Revelação da etapa.

O Super Drift Brasil foi criado em 2015, e desde então cresce a cada temporada. Disputas intensas na pista e ótima interação com o público garantem a todos os participantes das etapas uma inesquecível experiência. O SDB é patrocinado pela NSC Garage e Rede Krill Supermercados.

Criado na década de 1970 no Japão, o drift é uma modalidade do automobilismo em que a velocidade é apenas um dos requisitos. Ângulo, agressividade e estilo são analisados por juízes especializados e que seguem padrões internacionais de pontuação. As etapas do SDB contam com julgamentos de juízes habilitados pela Federação Internacional de Automobilismo, a FIA. A técnica de pilotagem do drift consiste em deslizar nas curvas, escapando a traseira, e girar o volante para que as rodas dianteiras estejam sempre em direção oposta ao sentido da curva, controlando o nível de derrapagem, fazendo o carro andar de lado, literalmente.

Resultado – Super Drift Brasil 2020

Campeão: Diego Higa

Vice-campeão: Peterson Lima

Terceiro lugar: Maykel Japa

Quarto lugar: André Bueno

Quinto lugar: Gustavo Koch

Piloto Destaque: Rafael Maoka

Piloto Revelação: Gabriel Ramalho

Assista a Live!