Piloto Bruna Genoin – Entrevista Completa

“Ser a única mulher no cenário não é novidade.”

Além de ser a única representante feminina no esporte, Bruna é também uma das pilotos mais jovens que participam do campeonato, com apenas 18 anos. A jovem, natural de Blumenau-SC, mostra que todos podem ter seu espaço no Drift com esforço e dedicação.
Sua paixão automobilística vem desde a infância – o pai, Toninho Genoin, campeão brasileiro de Rally e da Mitsubishi Cup, sempre a levou para acompanhar suas corridas de perto, servindo de inspiração para a piloto. Quando tinha apenas 14 anos veio a confirmação de seu talento: o pai, percebendo seu interesse pelo automobilismo, matriculou-a em treinos de Kart, o que marcou o primeiro passo de Bruna em sua jornada como piloto profissional.
Ser a única mulher no cenário não é novidade para Bruna. Desde pequena, quando brincava de bicicleta ou carrinho de rolimã, sempre foi a única garota da vizinhança. Hoje, ganhando espaço e crescendo no esporte, não se sente nem um pouco intimidada ou acanhada pelas figuras masculinas, mas os enxerga como “espelhos, para que possa cada vez mais aprender com todos”.

“ Minha inspiração para o Drift foi, sem dúvidas, o filme Velozes e Furiosos, principalmente o Desafio em Tokyo. ”

Como muitos dos apaixonados pelo esporte, Bruna teve seu primeiro contato com o Drift a partir do filme Velozes e Furiosos – Desafio em Tóquio, onde o Drift foi destaque. Esse foi o impulso que faltava para que Bruna investisse seu talento automobilismo nas curvas em alta velocidade.
.
Atualmente Bruna pilota um Nissan 350Z aspirado – que, diga-se se passagem, é um dos carros de destaque do filme -, mas confessa que deseja turbiná-lo para ter mais potência e conseguir “colar na porta” dos outros competidores. A piloto ressalta que tem um carinho especial pelo veículo, por isso tem sempre muito cuidado para mantê-lo limpo, arrumado e pronto para as competições.

Versatilidade no volante.

Bruna não limita suas experiências somente ao Drift. Apesar de ser uma das pilotos mais jovens no cenário ela já busca expandir seus horizontes e habilidades. Prova disso, participou recentemente de etapas de treino da Porsche GT3 Cup e da Mercedes Benz Challenge.

“ Uma das minhas maiores experiências, sem dúvidas, foi ter feito um dia de treino na Porsche Cup e na Mercedes Benz Challenge.”

Mesmo sendo competições extremamente diferentes do Drift, ter contato com outros tipos de veículos e modalidades é algo muito positivo para um piloto, pois enriquece sua formação profissional e visão dentro das pistas.

Um futuro não tão distante.

Para Bruna, seu objetivo é claro: fazer o esporte crescer para conseguir um dia se sustentar profissionalmente como Piloto de Drift. Ela considera que a maior dificuldade, atualmente, é conseguir patrocinadores e apoiadores.
Todo este empenho em se aprimorar, porém, não está sendo em vão – Bruna vem se mostrando como uma das maiores revelações do esporte no país, e demonstra contantes melhorias a cada corrida que participa. Com o constante fortalecimento do esporte no mercado Brasileiro e o crescimento do público que acompanha e vibra com o esporte, não está longe o dia em que Bruna conseguirá realizar seu sonho.

Curiosidades

Para encerrar a entrevista pedimos pra Bruna puxar um pouco o freio de mão e responder algumas curiosidades sobre ela:
      •   Pergunta: Qual seu maior Hobby? (Não vale o Drift)
Bruna: Sempre tive como Hobbie jogar bola, mas hoje em dia sou proibida de jogar por causa de problemas nos meus dois joelhos. Aí gosto de malhar, jogar vídeo game e assistir muitas series.
  •      •    Pergunta: Você tem algum tipo de ritual que faz antes das provas?
Bruna: Sim, faço sempre antes de treinar/competir um sinal da cruz e pedir que Deus me proteja.
  •      •   Pergunta: Além da sua carreira de piloto você trabalha com alguma outra profissão? – —
Bruna: Ajudo minha mãe na empresa dela, atendendo em balcão e fazendo entregas de mercadorias.
  • Pergunta: E para comer, qual sua comida favorita?
Bruna: Amo o Strogonoff da minha mãe e sushi.
  • Pergunta: Qual a sua maior alegria no dia-a-dia?
Bruna: Chegar em casa e receber uns beijos da minha cachorrinha!
  • Pergunta: Defina o que é o Drift para você em uma frase:
Bruna: Para mim o Drift é arte e felicidade sobre rodas!